Vida e Saúde volta a reunir pacientes e familiares no Almoço da Hemodiálise

    Um momento voltado à celebração da vida. Este foi o clima de mais uma edição do Almoço da Hemodiálise, promovido pelo Hospital Vida e Saúde. Realizado no Parque de Exposições, o evento reuniu pacientes, familiares, a equipe de profissionais do setor e pacientes transplantados.

    “Retomamos o almoço após dois anos, que em função da pandemia precisou ser transferido. O intuito deste encontro é promover uma atividade diferente, buscando valorizar a vida em um momento de celebração e alegria”, destacou o enfermeiro Rodrigo Zorzan, coordenador do setor.

    Além do almoço, o encontro contou com música ao vivo, distribuição de brindes e muita confraternização e emoção. Mais de cem pessoas participaram do encontro, que reuniu pelo menos oito pacientes que passaram por transplante renal. “É muito gratificante reencontrar os antigos pacientes que passaram por transplantes e agora passam por uma nova fase em suas vidas”, ressaltou a médica nefrologista, Dra. Caren Gross que realiza as consultas médicas junto com o nefrologista Dr. Omar dos Reis.

    Com três turnos de atendimento, a Hemodiálise promove uma média de 1.335 sessões de diálise por mês, atendendo cerca de 120 pacientes por mês. Referência na região, o serviço de Hemodiálise atende pacientes dos municípios da 14ª Coordenadoria Regional da Saúde (CRS).

    Fonte: Vida e Saúde