Sócio-fundador da Unitec é um dos instrutores com mais tempo de atuação no Senar-RS

    A constante capacitação do homem do campo é fator determinante para o desenvolvimento das atividades rurais. Por meio de cursos e treinamentos, é possibilitado ao trabalhador a habilidade de perceber os pontos chaves de determinadas tarefas e, a partir disso, mudar algumas condutas.

    Neste processo de percepção de que a mudança é gratificante para o desenvolvimento do trabalho e da atividade como um todo, existe uma peça-chave: o instrutor. Ele participa da elaboração e discussão de ações que visam a transformação no campo.

    O engenheiro agrônomo e especialista em Bovinocultura de Leite, Ari Luiz Benedetti, sócio-fundador da Unitec, é um exemplo de dedicação e profissionalismo no treinamento a campo. Instrutor do Senar-RS há 26 anos, atua nas áreas de forrageiras, manejo do rebanho (terneiras, novilhas, vacas), nutrição e administração rural e tem uma trajetória reconhecida e consolidada.

    No Senar-RS há 26 anos, Ari é o quinto instrutor como mais tempo de casa na ativa, conforme dados de 2017. “Atuei principalmente em cursos de capitação sobre forrageiras, manejo da terneira e novilha, manejo da vaca seca, nutrição do gado leiteiro, melhoramento de campo nativo, gestão básico, gestão I (custos de produção) e gestão II (planejamento). Também trabalhei em programas de gestão para mulheres (Com Licença Vou à Luta), Negócio Certo Rural e Leitec, além de outros temas em palestras e consultorias”, conta.

    Durante a trajetória profissional, o agrônomo atuou em mais de 300 municípios, em mais de 900 eventos, nos quais participaram mais de 10 mil alunos. “Minha caminhada no Senar-RS foi gratificante pela oportunidade de aprendizado. Conheci milhares de pessoas e a cultura e vocação de produção regionalizada em cada região do Estado: produtores de grãos, de hortigranjeiros, fruticultura e fumo, pecuaristas e agroindústrias, dentre outros.”

    Como autônomo, há 24 anos – desde a fundação da Unitec –, Benedetti ministra cursos de capacitação para técnicos e produtores, além de prestar assistência técnica e consultoria para empresas de laticínios. 

    Quando atuou como funcionário de cooperativas, por nove anos, trabalhou como chefe de departamento técnico, na compra de insumos, assistência técnica, coordenação de projetos de investimento, palestras técnicas, dias de campo e supervisor de posto de leite. Também atuou como coordenador de programas de fomento e docente em curso de pós-graduação, além de quatro anos como professor estadual no Ensino Médio, nas disciplinas de matemática e física. 

    Benedetti ministra cursos e consultorias sobre planejamento e manejo de forrageiras na região das Missões
    Nestes meses de maio e junho, Benedetti – que reside em Passo Fundo –, está ministrando cursos semipresenciais para pecuaristas de gado de corte e de leite de São Miguel das Missões e, posteriormente, realizando consultorias com visitas técnicas nas propriedades.

    As consultorias abordam o planejamento da produção das espécies forrageiras (anuais e perenes) a serem implantadas nos períodos de inverno e verão destinadas aos bovinos, dimensionamento da área necessária, densidade, adubação, plantio e manejo das forrageiras destinadas ao pastoreio, fenação e produção de silagem. 

    “A nossa gratificação é poder contribuir há tantos anos no crescimento das empresas ligadas ao agronegócio, propriedades rurais que se dedicam incansavelmente na produção de alimentos, abastecendo a população do Estado, país e mundo”, finaliza Benedetti.

    Fonte: Assessoria de comunicação Unitec | Jaqueline Peripolli / Jornalista MTE 16.999