Projeto socioambiental entrega carrinhos para catadores de Três de Maio

    Com o objetivo de fortalecer as capacidades técnicas dos catadores e melhorar a qualidade e segurança no trabalho através da disponibilização de equipamentos, Sicredi, ACI, Setrem, Fahor, Poder Público e Global Communities se uniram para viabilizar um importante projeto com responsabilidade socioambiental.

    O projeto surgiu na convenção anual dos colaboradores da Sicredi Noroeste RS, em novembro de 2019, com o propósito de concretizar de uma ação comunitária sustentável e de voluntariado.

    A comunidade de Três de Três de Maio foi engajada por meio de uma campanha de sensibilização e compra de cucas. Com o valor arrecadado, das pessoas voluntárias que bem receberam a iniciativa, foi executado um diagnóstico estruturado.

    Com o referido mapeamento e a integração das instituições parceiras o projeto evoluiu, com adequações, especialmente em relação ao cronograma, por conta da pandemia.

    Além da mobilização de catadores e parceiros, produção, testes e adequações de protótipo de carrinho, planejamento de visitas técnicas a outras organizações do ramo, foram realizadas oficinas técnicas com os catadores interessados.

    Nas oficinas, pré-requisito obrigatório para receber o seu carrinho, os interessados conheceram os temas relativos a: o que é e a importância de um trabalho colaborativo; cuidar de si, dos outros e seus equipamentos; uso de EPIs e segurança no trabalho; manipulação de resíduos; planejamento financeiro e práticas de negociação;

    Nesta primeira fase, três catadores se habilitaram para receber os carrinhos e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

    O evento de entrega dos carrinhos ocorreu na última quinta-feira, dia 22, nas dependências do câmpus Setrem, em Três de Maio, com a participação dos representantes de cada entidade envolvida.

    O projeto prevê a produção de mais carrinhos, podendo chegar a um total de 20 unidades que serão destinadas a projetos em municípios da área de atuação da Sicredi Noroeste RS.

    Para viabilizar o projeto cada instituição exerceu importantes papeis:
    Sicredi: Apoiar na melhoria da qualidade de vida e subsistência dos beneficiários e disponibilizar recursos (doações de carrinhos, uniformes, EPIs, concessão de créditos);
    ACI: Apoiar na comunicação com os comerciantes (campanhas, sensibilizações, divulgação);
    Setrem: Oferecer cursos práticos de diferentes temas (comportamental, gestão, segurança, entre outros);
    Fahor: Produzir os carrinhos e oferecer cursos práticos de temas relacionados a engenharias, finanças e meio ambiente;
    Poder Público: Apoiar na melhoria das condições de trabalho, criar um trabalho de rede colaborativa e propiciar infraestrutura adequada para atender as necessidades dos beneficiários;
    Global Communities Brasil: Operacionalizar junto ao comitê gestor todas as etapas do projeto com os catadores

    Fonte: Sicredi Noroeste RS