Unidade de Saúde Mental dá início à programação sobre valorização da vida

    Até o fim deste mês, a Unidade de Saúde Mental do Hospital Vida & Saúde promove ações de valorização da vida, com atividades alusivas ao Setembro Amarelo. Com o propósito de combater o suicídio e oferecer um canal de apoio, a unidade deu início a programação no dia 3 de setembro.

    Na abertura das atividades, com as boas-vindas da equipe de profissionais da unidade, coordenada pela enfermeira Fernanda Flores, a diretora-geral do hospital, Vanderli de Barros, conversou com os pacientes atendidos na unidade, em um momento especial, preparado pelas profissionais do local. “Com muito amor e carinho nós estamos aqui para dizer: contem conosco! Nós estamos sempre aqui para fazer o melhor para vocês e para nos ajudarmos”, destacou Vanderli, ressaltando, ainda, a competência e a disponibilidade dos profissionais da unidade no atendimento aos pacientes.

    Mais do que discutir a valorização da vida por meio de palestras, a Unidade de Saúde Mental do Hospital Vida & Saúde conseguiu envolver os pacientes na organização das atividades junto a equipe multiprofissional. Com o apoio das profissionais da unidade, uma das ações do grupo foi desenvolver máscaras faciais com a marca SM (Saúde Mental). Além de produzirem suas próprias máscaras, os pacientes ainda criaram máscaras que foram entregues aos convidados da programação.  

    Ainda no primeiro dia de atividades, o grupo prestigiou a palestra “A importância de falar sobre o Setembro Amarelo”, com a psicóloga Taciara Perin e a “Importância dos cuidados cotidianos para a Saúde Mental”, com a terapeuta ocupacional Larissa Froehlich.

    Além da equipe de profissionais da unidade, a abertura das atividades contou com a presença da gerente assistencial, Rosa Zorzan; do diretor de infraestrutura, Rodrigo Calixto; e da gerente de RH, Fernanda Lima.

    Fonte: Jéssica Ribeiro | Assessora de Comunicação do Hospital Vida & Saúde