Três de Maio fará repasse para colaborar na aquisição de mais leitos de UTI no Hospital Abosco

O município de Três de Maio vem atuando fortemente nas ações de enfrentamento ao coronavírus. Mesmo assim, o contágio é inevitável a longo prazo e as unidades de atenção básica e a rede hospitalar precisam estar com os serviços preparados para atendimento. Para a população, a primeira referência sempre é o atendimento nas unidades de Estratégias de Saúde da Família, mas em alguns casos é necessário acessar a rede hospitalar no Hospital São Vicente de Paulo, que possui com um leito de UTI e mais três leitos clínicos de isolamento credenciados pelo SUS.

Há também cinco leitos credenciados pelo SUS disponíveis no Hospital Abosco, em Santa Rosa, que neste momento são ocupados por pacientes de qualquer município do Estado. Devido ao alto índice de ocupação destes leitos, mostrou-se necessária a ampliação de cinco leitos de UTI neste mês de julho, ficando o custeio por conta dos 21 municípios da região.

Ficou a cargo do Consórcio Público Fronteira Noroeste (COFRON) a organização do contrato que foi firmado entre a FUMSSAR e os demais 21 municípios financiadores. O valor a ser dividido per capta é de R$ 150.000,00 considerando a população do censo IBGE de 2010. Três de Maio realizará o repasse de R$ 15.771,00 mensais, permanecendo o contrato vigente por período de três meses.

De acordo com a secretária adjunta da Saúde, Glaci Gauger, “espera-se que não tenhamos necessidade de encaminhar nenhum paciente, mas caso isso ocorra, teremos a tranquilidade de termos este acesso assegurado. A vida não tem preço, continuemos cuidando, quem puder fique em casa, tenha todas as medidas de higiene e use máscara.”


Fonte: 
Caroline Cassel/Coordenadoria de Comunicação Social Prefeitura de Três de Maio
Foto: Divulgação