Três de Maio adere à campanha Máscara Roxa

Em uma parceria entre a Brigada Militar, Secretaria Municipal de Políticas da Mulher e rede de Farmácias Associadas, foi lançada a adesão da Campanha Máscara Roxa em Três de Maio, no último dia 24. A campanha faz parte de uma ação com mais de 600 farmácias da rede Farmácias Associadas. A farmácia Medfar/ Farmácias Associadas de Três de Maio aderiu à campanha e agora é referência para apoio às mulheres da região. 

A Campanha Máscara Roxa foi lançada pelo Comitê Gaúcho Impulsor Eles por Elas (He for She), ligado a ONU Mulheres, e possibilita a denúncia em farmácias que possuem o selo ‘farmácia amiga das mulheres’. Já a Campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica é uma ação do Conselho Nacional da Justiça e pela Associação dos Magistrados Brasileiros. 

Estas ações estarão em operação durante o período de isolamento social devido à pandemia do coronavírus. Os atendentes da farmácia estão recebendo capacitação online para o procedimento e para garantir a segurança da vítima para que assim as mesmas possam denunciar as agressões e que os atendentes identifiquem que se trata de um pedido de ajuda. 

Como irá funcionar a campanha?

Ao chegar na farmácia, a mulher deve pedir a máscara roxa ou estar com o x vermelho na palma da mão. O profissional dirá que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisá-la quando chegar. Após, o atendente da farmácia passará as informações coletadas para a Brigada Militar, Plantão da Secretaria da Mulher e Centro de Referência Flor de Liz e Polícia Civil, via WhatsApp, para que o órgão tome as medidas necessárias.

A campanha tem apoio de órgãos da segurança, Governo gaúcho, Judiciário, Ministério Público e entidades vinculadas à pauta das mulheres. Ela foi motivada pelo aumento de casos de feminicídios no Estado durante o período de isolamento, decorrente da pandemia do coronavírus. 

De acordo com a Secretária de Políticas da Mulher, Márcia Herbertz, “em nosso município tivemos um aumento de 30% nos registros na Polícia Civil desde março. O aumento deste percentual é pela procura por atendimento da equipe técnica, por informações de como proceder e principalmente atendimento psicológico e social”. 

“O apoio e o acolhimento das vítimas é fundamental para posteriormente efetuar o registro na Polícia Civil e garantir o atendimento pela equipe técnica do Centro de Referência Flor de Liz, buscando assim a proteção da usuária e posteriormente a resolução do caso no Poder Judiciário, se necessário”, destaca a Tenente Juliana Boz, da Brigada Militar de Três de Maio. 

Redes de farmácias interessadas em aderir à campanha e colaborar nesta ação devem entrar em contato com a Secretaria de Políticas da Mulher. 

Veja os principais contatos telefônicos que você poderá utilizar:

- Brigada Militar: 190

- Secretaria de Políticas da Mulher (plantão): 3535-8770 ou 99649-3004

- Centro de Referência Flor de Liz: 3535-3900

- Polícia Civil (horário comercial): 3535-1842

- Vigilância da Saúde (pandemia): 99697-9369 com WhatsApp

- Ministério Público de Três de Maio: 3535-2425

- Disque-Denúncia: 180


Fonte: Texto: Caroline Cassel/Foto: Cíntia Klatt | Coordenadoria de Comunicação Social Prefeitura de Três de Maio