Jovens Talentos em TI beneficia mais de 600 estudantes no primeiro semestre

Tendências e atuação do profissional da Tecnologia da Informação, bem como mídias sociais e robótica foram os temas abordados

 

No primeiro semestre de 2019, mais de 600 estudantes da região foram beneficiados com o Programa Jovens Talentos em TI. A iniciativa dos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia da Computação da Setrem buscou compartilhar conhecimentos em Tecnologia da Informação (TI) com estudantes de escolas públicas de Ensino Médio e Técnico, bem como divulgar os trabalhos realizados por acadêmicos e docentes.

Foram visitadas escolas da região, em quatro municípios: Instituto Estadual de Educação Cardeal Pacelli de Três de Maio, Escola Estadual de Educação Básica Santos Dumont – Polivalente de Santa Rosa, Escola Albino Fantin de Horizontina, e Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora da Purificação de Nova Candelária. O programa continua no segundo semestre de 2019 abrangendo mais três escolas.


Temas abordados
O docente do curso de Sistemas de Informação e analista de sistemas, Cleriston Weise abordou as tendências da Tecnologia da Informação. Na sua fala, ele compartilhou sua caminhada acadêmica e profissional, enfatizando a necessidade de profissionais qualificados e as tendências da área.
As possibilidades de atuação do profissional da TI foi o tema ministrado pelo docente do curso de Sistemas de Informação e especialista em banco de dados, Jonas Pacheco. A fala propiciou um momento de reflexão das oportunidades de atuação do profissional da TI, além das perspectivas de futuro nesta área profissional.

O tema mídias sociais teve o objetivo de informar os estudantes sobre os riscos da internet e como utilizar a mesma de forma segura. Questões relacionadas ao acesso de conteúdos impróprios ou ofensivos, contato com pessoas mal intencionadas, furto e perda de dados, invasão de privacidade, divulgação de boatos, plágio e violação de direitos autorais.

Introduzir e enfatizar a importância do pensamento computacional foram os principais objetivos da oficina de robótica. Na ocasião, os estudantes vivenciaram a experiência da resolução de um problema real, lidando com questões de trabalho em grupo e a organizar o raciocínio lógico. A atividade teve como monitor o egresso de Sistemas de Informação Elias Miranda.

Os temas mídias sociais e robótica foram planejados e desenvolvidos pela docente do curso de Sistemas de Informação, Priscila Guarienti que também coordena o projeto. Segundo ela, o impacto da computação em outras áreas do conhecimento é cada vez maior. “Problemas complexos de diferentes áreas da ciência estão, agora, sendo abordados com uma perspectiva computacional, uma vez que a computação oferece estratégias e artefatos para lidar com a complexidade na resolução de problemas”, destaca.


Assessoria de Comunicação SETREM