Pisa realiza encontro em propriedade assistida de São José do Inhacorá

Produtores Jair e Leila Welter sediaram a Clínica Tecnológica do projeto na tarde de quarta-feira

 

Na tarde desta quarta-feira, 3 de outubro, a propriedade do casal Jair e Leila Welter, localizada em Linha Buricá, interior de São José do Inhacorá, sediou a Clínica Tecnológica do projeto Produção Integrada de Sistemas Agropecuários em Micro Bacias Hidrográficas na região Fronteira Noroeste (Pisa).

 

Participaram do encontro as famílias assistidas pelo projeto, os consultores do programa Juntos para Competir, Marcelino Colla, Diego Coimbra e Leandro Rittel; o consultor técnico do programa, Jeferson Eidt; o técnico Felipe Philippsen; e o secretário municipal do Agronegócio e Meio Ambiente, Altair Dill, juntamente com os técnicos da secretaria.

 

Após as explanações de Eidt e Philippsen, os produtores compartilharam experiências, resultados alcançados e evolução com a participação no projeto. A propriedade dos Welter conta com 15 hectares. Na atividade leiteira, tem hoje dez vacas em lactação, com uma média de 220 litros diários de leite. Além da atividade leiteira, a família trabalha com suinocultura.

 

O projeto Pisa faz parte do Programa Juntos para Competir, uma iniciativa operada no Estado pela parceria entre Farsul, Senar-RS e Sebrae/RS, criado em 2009 com o objetivo de organizar e desenvolver as principais cadeias produtivas do Rio Grande do Sul, através da capacitação e de uma maior integração do setor, melhorando a qualidade dos produtos e agregando valor à produção agropecuária. 

 

No município de São José do Inhacorá, participam atualmente do Pisa cerca de 15 famílias. O projeto Pisa trabalha especificamente em processos de melhoria na produção de gado leiteiro e gado de corte. Os produtores recebem consultorias, participam de palestras, cursos, viagens técnicas e são desafiados a adotar novas técnicas de manejo de pastagens e gestão de suas propriedades.

 

Texto e foto: Jaqueline Peripolli | Jornalista MTE 16.999